FAROESTE CONSAGRADO

Grande Prêmio do Cinema Brasileiro consagra "Faroeste Caboclo"

Grande Prêmio do Cinema Brasileiro consagra “Faroeste Caboclo”

Inspirado na canção de Renato Russo, “Faroeste caboclo” foi consagrado na 13ª edição do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, levando para casa sete dos 13 prêmios a que havia sido indicado, incluindo o de melhor longa-metragem de ficção, fotografia, roteiro adaptado, montagem, som e trilha sonora original.

Também por “Faroeste Caboclo”, a estreia de Fabricio Boliveira como protagonista no cinema lhe rendeu o Grande Otelo de melhor ator, entregue pelo trio de veteranos Cacá Diegues, Luiz Carlos Barreto e Nelson Pereira dos Santos (que venceu o prêmio de melhor longa-metragem documentário, por “A luz do Tom”).

“Serra Pelada”, de Heitor Dhalia, que liderava as indicações junto a “Faroeste caboclo”, terminou a noite com os prêmios de efeito visual (em um empate com a animação “Uma história de amor e fúria”), maquiagem e ator coadjuvante — mas Wagner Moura atualmente está na Colômbia, filmando “Narco”, série de José Padilha.

Glória Pires e Bruno Barreto levaram as estatuetas de melhor atriz e melhor diretor por “Flores raras”, sobre o romance entre a poeta americana Elizabeth Bishop e a arquiteta carioca Lota de Macedo Soares.

Fonte: O Globo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s