CLUB IN HOME

Micro apê de solteiro tem clima de balada

Micro apê de solteiro tem clima de balada

O proprietário desse apartamento paulistano é um publicitário solteiro, que trabalha com design gráfico e tem cerca de trinta anos. Quando adquiriu o imóvel de 27 m² no bairro dos Jardins, o que mais lhe chamou a atenção foi a praticidade oferecida pelo condomínio e a excelente localização. Só que ele não queria, de forma alguma, que sua nova morada fosse impessoal e fria, como costumam ser os flats. Seu desejo era por um lugar que, mesmo compacto, lhe permitisse realizar atividades, como cozinhar, descansar, trabalhar e receber amigos.

projeto_abreu_borges_arquitetos_02Ao arquiteto Ricardo Abreu Borges coube a tarefa de encontrar soluções para atender aos pedidos do publicitário. Ele conta que ao longo de quase quatro meses foi realizada uma reforma profunda no local. As paredes não estruturais que cercavam o banheiro foram demolidas para ampliar o espaço da cozinha. A ideia era torná-la mais funcional e capaz de receber uma geladeira em vez de um frigobar.

Em uma planta com metragem tão limitada, um dos focos foi integrar ao máximo os ambientes. Para dar unidade, o mesmo piso Interfloor foi utilizado em todo o apartamento. Fugindo da solução comumente empregada em espaços reduzidos, o preto e o cinza predominam no décor. Borges explica que isso foi possível porque o imóvel conta com farta iluminação natural que entra principalmente pela porta balcão de vidro que dá acesso a um pequeno terraço. As paredes internas são em cimento queimado e toda a marcenaria executada pela Contexto Oficina da Madeira é cinza.

projeto_abreu_borges_arquitetos_03 projeto_abreu_borges_arquitetos_04 Para ganhar espaço, o projeto procurou lançar mão de soluções versáteis. A TV, por exemplo, foi instalada em um braço retrátil que permite sua visualização tanto da sala quanto do quarto. Outro artifício foi construir as paredes que formam o banheiro com reentrâncias. Com isso criaram-se nichos, ora voltados para a sala, ora voltados para acozinha e para o banheiro. Na cozinha, um desses espaços acomoda o forno de micro-ondas. Na sala, a solução permitiu acomodar os equipamentos de internet e de som sob a mesa de trabalho e refeições, sem atrapalhar quem senta por ali.

projeto_abreu_borges_arquitetos_05 projeto_abreu_borges_arquitetos_06 projeto_abreu_borges_arquitetos_07 Para o mobiliário, o arquiteto apostou em peças de design leve e com múltiplas funções. Como o proprietário gosta de receber, buscou-se um sofá com cara de lounge da Clami Design. O projeto de iluminação, por sua vez, oferece diferentes cenas. Há a luz dirigida para trabalho e de leitura na cama e no sofá. Também há a iluminação mais cênica, adequada para os momentos de festa e de confraternização.

projeto_abreu_borges_arquitetos_08 projeto_abreu_borges_arquitetos_09 projeto_abreu_borges_arquitetos_10O neon em forma de pin-up desenhado pelo proprietário e executado pela Neon 3 Estações confere ao local um clima de balada. Também contribuem para criar uma atmosfera irreverente as pinturas surrealistas de Edu Cardoso atrás do sofá, e os trabalhos de Adriano Lemos, Anderson Hope e Rodrigo Level no quarto. Todos eles foram adquiridos naFibra Galeria.

Em todo o apartamento, o único ambiente fechado é o banheiro. O local, com restritos 2,7 m², foi visualmente ampliado com o uso extensivo de espelhos e de porcelanato vermelho Eliane fornecido pela Bollpi.

Fonte: Casa Vogue

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s