ATITUDE PREVENTIVA

HOMEMEXAMECelebrado anualmente em 15 de julho, o Dia Nacional do Homem reforça a importância da conscientização sobre a prevenção de doenças por meio de exames. Entre os principais diagnósticos necessários para a manutenção da boa saúde masculina estão os exames cardiológicos, que visam identificar e quantificar condições como hipertensão, diabetes, cardiopatia isquêmica, aumento do colesterol e de gorduras no sangue. É preciso, ainda, realizar Raio-X de Tórax e Ecografia Abdominal, que podem detectar condições anormais nos pulmões e mediastino, e nos órgãos abdominais, como fígado, pâncreas, rins, baço e bexiga. Além disso, os testes de Colonoscopia e Endoscopia Digestiva Alta podem detectar anormalidades no intestino e no estômago, respectivamente. Mas o maior aliado do homem em qualquer altura da vida, sem dúvida alguma, é o urologista.

medicalApesar dos esforços, porém, estudo da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) indica que os índices masculinos relacionados ao acompanhamento médico de rotina ainda estão muito abaixo do ideal. Segundo a pesquisa, realizada com cinco mil homens em seis capitais brasileiras, 44% dos entrevistados nunca passaram em consulta com um urologista e tampouco realizaram exames preventivos. “De maneira geral, os homens tendem a procurar por auxílio médico somente quando percebem que algo está errado. Não costumam ir ao urologista preventivamente. Isso ocorre pela falta de hábito da população masculina em procurar por avaliações rotineiras desde muito jovem, como faz boa parte das mulheres quando entram na idade adulta. Elas visitam o ginecologista para orientações gerais e seguimento periódico”, explica o professor de Urologia da Faculdade de Medicina do ABC e diretor da Clínica Mattos de Saúde do Homem, Dr. Mário Henrique Elias de Mattos. “Aspectos culturais, como vergonha, preconceito e até mesmo desconhecimento sobre a possibilidade de tomar atitudes preventivas, colaboram para que o homem deixe de procurar o urologista em consultas de rotina. Felizmente as coisas têm mudado. É cada vez maior o número de pacientes que buscam por avaliações de caráter preventivo”, relata.

Além dos números sobre consultas e exames, a pesquisa da Sociedade Brasileira de Urologia revela outro dado alarmante: 47% dos entrevistados nunca fizeram exames para detectar câncer de próstata. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), trata-se do segundo câncer mais comum entre os homens no Brasil, atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. Conforme o estudo da SBU, somente 23% dos homens fazem o exame anualmente. “Ainda existe preconceito em relação ao exame de próstata, mas observamos nas últimas décadas uma mudança de comportamento. Os homens estão se interessando cada vez mais em prevenir o problema. Essa barreira será completamente transposta com medidas educativas de esclarecimento junto à população, mostrando que o exame da próstata é simples, rápido, muito bem tolerado e, sem dúvida, a maior arma na luta contra este câncer, que ocupa os primeiros lugares em termos de incidência e mortalidade”, acrescenta Dr. Mário Mattos.

Cuidados gerais

foto1O homem deve frequentar o consultório do urologista a partir dos 45 anos de vida. Aqueles que possuem familiares diretamente relacionados que sofrem ou já sofreram do câncer de próstata e aqueles de raça negra devem começar a frequentar o consultório urológico mais cedo, por volta dos 40 anos de idade. Devem ser realizados nas visitas anuais exames de função renal, diabetes, urina e de PSA, que é o marcador mais importante do câncer de próstata. Recomenda-se ainda a inclusão do ultrassom do aparelho urinário e da próstata nesta avaliação.

“Também oriento meus pacientes a cultivarem bons hábitos de vida no dia a dia, com atenção à dieta balanceada e diversificada, sem exageros na ingestão de sal, gorduras e proteínas de origem animal. A prática de atividade física regular, controle de peso e da pressão arterial, boa ingestão de líquidos diária e sono de pelo menos 7 a 8 horas ao dia são muito importantes na manutenção da saúde e prevenção de doenças. Vale ressaltar que reservar um tempo para atividades de lazer junto à família e amigos é fundamental para quem busca qualidade de vida”, encerra o professor de urologia da FMABC e diretor da Clínica Mattos de Saúde do Homem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s