3ª CIDADE QUE MAIS RECEBEU CHECK IN

DSC_4095Um mapa interativo criado por uma rede social que registra o fluxo de turistas estrangeiros nas 12 cidades-sede da Copa apontou que Brasília é a terceira cidade onde mais fazem check-in. A capital ficou atrás, apenas, do Rio de Janeiro e São Paulo, no período de 5 a 16 de junho.

ODSC_4019 fluxo é representado por arcos que representam grupo de 20 pessoas que saem da sua cidade (em azul) e fazem check-in em uma das cidades-sede (vermelho). Na página da rede social onde foi publicado o mapa interativo explica que quanto maior o arco, maior o fluxo de pessoas. Veja o vídeo que mostra a movimentação dos turistas: http://vimeo.com/99095564

Além dessa indicativa da rede social, a Secretaria de Turismo do Distrito Federal também aponta que em seus 21 pontos de atendimento (Sete Centros de Atendimento ao Turista (CAT), 13 pontos dos Embaixadores do Turismo, espaço na Fan Zone – exclusivo em dias de jogo na cidade, e os dois CAT´s móveis durante a Copa do Mundo), os número também são positivos.

Até a partida do dia 30 de junho, entre França e Nigéria, foram 34.518 pessoas atendidas de mais de 84 nacionalidades diferentes e 23 estados brasileiros. O número representa quase um quarto do atendimento feito em 2013, de 109 mil atendimentos nos CAT´s.

ARGENTINOS

A Embaixada da Argentina estima que cerca de 60 mil turistas argentinos estiveram em Brasília para acompanhar o confronto entre Argentina e Bélgica, pelas quartas de final da Copa do Mundo. Após a garantia da seleção nas semifinais, os hermanos porteños decidiram ficar pela cidade. Neste domingo (6), em qualquer passeio pela Esplanada dos Ministérios, Museu Nacional, Catedral e Pontão do Lago Sul, era possível se deparar com várias camisas alvicelestes. Os argentinos não abriram mão do dia ensolarado e seguiram para diversos roteiros turísticos.

E não foram apenas os argentinos que vieram ao Planalto Central para apoiar a equipe comandada por Messi e decidiram ficar para fazer turismo. Um grupo de amigos peruanos chegou ao Brasil para apoiar a seleção dos EUA, mas como os norte-americanos não passaram das oitavas de final, a turma optou por trocar de time nas quartas e a Argentina foi a escolhida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s