COMEÇA FESTIVAL DE CINEMA DE BRASÍLIA

cine_BrasiliaA 46ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro será realizada entre os dias 17 e 24 de setembro e, neste ano, traz 30 filmes na mostra competitiva, dividida nas categorias de ficção, documentário e animação. Com a reinauguração do Cine Brasília, o evento volta ao seu antigo endereço e terá, também, seminários e oficinas sobre cinema destinados a estudantes, profissionais do audiovisual, cineastas, jornalistas, pesquisadores, músicos e público em geral. As exibições serão feitas simultaneamente nas cidades do Gama, Sobradinho, Ceilândia, Taguatinga e Guará. No dia seguinte, haverá sempre reprise dos filmes no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), e debates diários com as equipes dos filmes concorrentes, abertos ao público, no Kubitschek Plaza Hotel. Os ingressos para assistir aos filmes custam R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia-entrada) no Cine Brasília, e são gratuitos nas demais cidades.

Revelando Sebastião Salgado é o primeiro documentário brasileiro sobre um dos mais importantes e respeitados fotógrafos contemporâneos, reconhecido por seu estilo único (Foto: Divulgação)

Revelando Sebastião Salgado é o primeiro documentário brasileiro sobre um dos mais importantes e respeitados fotógrafos contemporâneos, reconhecido por seu estilo único (Foto: Divulgação)

O documentário “Revelando Sebastião Salgado, primeiro filme brasileiro sobre um dos mais importantes e respeitados fotógrafos contemporâneos, abre a programação da mostra no dia 17 em cerimônia para convidados. No dia seguinte, começa a Mostra Competitiva. Confira abaixo a programação completa, por dia de festival:

TERÇA, 17/9 (apenas para convidados)
20h30 – Abertura na Sala Villa-Lobos do Teatro Nacional, com apresentação da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, sob a regência do maestro Cláudio Cohen, participação do violinista Benjamin Schmid.
Revelando Sebastião Salgado, de Betse de Paula, documentário, cor, digital, 75min, RJ, 2013

QUARTA, 18/9
10h – FESTIVALZINHO (no Cine Brasília, com entrada franca)
O rei de uma nota só e a borboleta azul, de Carlos Del Pino (71min08, DF, 2013) Livre
FESTIVALZINHO (Curtas metragens)
Diversos horários: Candangolândia, Ceilândia, Cruzeiro, Guará, Gama, Núcleo Bandeirante, Park Way, Samambaia, Sobradinho e Taguatinga – escolas agendadas

10h30 – Kubitschek Plaza Hotel, Salão Caxambu, acesso livre
Debate com a equipe do filme Revelando Sebastião Salgado, de Betse de Paula


Os Pobres Diabos: O Gran Circo Teatro Americano perambula por pequenas cidades dos sertões até chegar a Aracati, onde monta uma peça teatral. No cotidiano do circo, acontecem aventuras em que os personagens agem ao modo picaresco dos anti-heróis da literatura de cordel e do romanceiro popular. (Claudio Lima/Divulgação)

19h – MOSTRA COMPETITIVA DE CURTA E LONGA DOCUMENTÁRIO:

Luna e Cinara, de Clara Linhart, 14min, RJ, 2012, Livre
Outro Sertão, de Adriana Jacobsen e Soraia Vilela, 73 min, ES, 2013, 10 anos

21h – MOSTRA COMPETITIVA DE LONGA E CURTA FICÇÃO E CURTA ANIMAÇÃO
Deixem Diana em Paz, de Julio Cavali, 10min, PE, 2012, 16 anos
Sylvia, de Artur Ianckiecz, 17min18, PR, 2013, Livre
Os Pobres Diabos, de Rosemberg Cariry, 98min, CE, 2012, 14 anos

QUINTA, 19/9
10h – FESTIVALZINHO (no Cine Brasília, com entrada franca)

O rei de uma nota só e a borboleta azul, de Carlos Del Pino (71min08, DF, 2013) Livre
FESTIVALZINHO (Curtas metragens)
Diversos horários: Candangolândia, Ceilândia, Cruzeiro, Guará, Gama, Núcleo Bandeirante, Park Way, Samambaia, Sobradinho e Taguatinga – escolas agendadas

10h30 – Kubitschek Plaza Hotel, salão Caxambu, acesso livre
Debate com as equipes dos filmes da mostra competitiva de documentários  exibidos na noite anterior no Cine Brasília

11h30 – Kubitschek Plaza Hotel, salão Caxambu, acesso livre
Debate com as equipes dos filmes da mostra competitiva de ficção e animação exibidos na noite anterior no Cine Brasília

15h – SALA MARTINS PENA – Reprise dos documentários exibidos na noite de 18/9
17h – SALA MARTINS PENA – Reprise dos filmes de ficção e animação exibidos na noite de 18/9


RYB: Um experimento de laboratório dá errado e o espaço é invadido por clones. Um destemido ser faz de tudo para controlar a situação e não deixar rastros do caos que toma conta do ambiente. (Divulgação)

 

19h – MOSTRA COMPETITIVA DE CURTA E LONGA DOCUMENTÁRIO
O Canto da Lona, de Thiago Brandimarte Mendonça, 25min, SP, 2013, Livre
O mestre e o Divino, de Tiago Campos, 83min, PE, 2013, Livre

21h – MOSTRA COMPETITIVA DE LONGA E CURTA FICÇÃO E CURTA ANIMAÇÃO
RYB, de Deco Filho e Felipe Benévolo, 4min, DF, 2013, Livre
Lição de Esqui, de Leonardo Mouramateus e Samuel Brasileiro, 23min, CE, 2013, 12 anos
Depois da Chuva, de Cláudio Marques e Marília Hughes, 90min, BA, 2013, 14 anos

SEXTA, 20/9
10h – FESTIVALZINHO (no Cine Brasília, com entrada franca)
O rei de uma nota só e a borboleta azul, de Carlos Del Pino (71min08, DF, 2013) Livre
FESTIVALZINHO (Curtas metragens)
Diversos horários: Candangolândia, Ceilândia, Cruzeiro, Guará, Gama, Núcleo Bandeirante, Park Way, Samambaia, Sobradinho e Taguatinga – escolas agendadas

10h30 – Kubitschek Plaza Hotel, salão Caxambu, acesso livre
Debate com as equipes dos filmes da mostra competitiva de documentários  exibidos na noite anterior no Cine Brasília

11h30 – Kubitschek Plaza Hotel, salão Caxambu, acesso livre
Debate com as equipes dos filmes da mostra competitiva de ficção e animação exibidos na noite anterior no Cine Brasília

14h30 – Cine Brasília, entrada franca
Mostra Brasília – Troféu Câmara Legislativa do DF

15h – SALA MARTINS PENA – Reprise dos documentários exibidos na noite de 19/9
17h – SALA MARTINS PENA – Reprise dos filmes de ficção e animação exibidos na noite de19/9
19h – Cinema Voador em Planaltina, Vila Buritis, acesso livre. Exibição de filmes nacionais. Livre


Hereros de Angola: Habitantes das terras do sudoeste de Angola, África, provenientes dos povos bantos, os hereros são donos de uma tradição ancestral passada oralmente de pai para filho (Sergio Guerra/Divulgação)

 

19h – MOSTRA COMPETITIVA DE CURTA E LONGA DOCUMENTÁRIO
Carga Viva, de Débora de Oliveira, 18min, MG, 2013, Livre
Hereros Angola, de Sérgio Guerra, 99min, BA, 2013

21h – MOSTRA COMPETITIVA DE LONGA E CURTA FICÇÃO E CURTA ANIMAÇÃO
Faroeste – Um Autêntico Western, de Wesley Rodrigues, 18min25, GO, 2013, Livre
Au Revoir, de Milena Times, 20min, PE, 2013, Livre
Avanti Popolo, de Michael Wahrmann, 72min, SP, 2013, Livre

SÁBADO, 21/9
10h – FESTIVALZINHO (curtas-metragens)
Cine Brasília, entrada franca, Livre

10h30 – Kubitschek Plaza Hotel, salão Caxambu, acesso livre
Debate com as equipes dos filmes da mostra competitiva de documentários  exibidos na noite anterior no Cine Brasília

11h30 – Kubitschek Plaza Hotel, salão Caxambu, acesso livre
Debate com as equipes dos filmes da mostra competitiva de ficção e animação exibidos na noite anterior no Cine Brasília

14h30 – Cine Brasília, entrada franca
Mostra Brasília – Troféu Câmara Legislativa do DF

14h – SALA MARTINS PENA – Reprise dos documentários exibidos na noite de 20/9
16h – SALA MARTINS PENA – Reprise dos filmes de ficção e animação exibidos na noite de 20/9
19h – Cinema Voador em Planaltina, Vila Buritis, acesso livre. Exibição de filmes nacionais. Livre

17h – Kubitschek Plaza Hotel, Bamboo Bar
Lançamento dos livros Cinema – apontamentos para uma história, de Sérgio Moriconi, Poéticas da mídia: midiatizações, discursividades, imagens – organizado por Goiamérico Felício Carneiro dos Santos  e Tânia Marcia Cezar Hoff, Mídia e imaginário e Comunicação e transcendência, organizados pelo prof. Dr. Gustavo Castro
Lançamento DVDs Barra 68, de Vladimir Carvalho, Cinema de poesia,  Anabazys, de Joel Pizzini,Mundo a Parte, de Arne Sucksdorff


Todos os dias em que sou estrangeiro conta a história de um garoto nordestino que se muda para o Rio de Janeiro para trabalhar em uma churrascaria de beira de estrada, onde o irmão mais velho já trabalha, e se sente fora do lugar. (Divulgação)

 

19h – MOSTRA COMPETITIVA DE CURTA E LONGA DOCUMENTÁRIO
O gigante nunca dorme, de Dácia Ibiapina, 15min, DF, 2013, Livre
Morro dos Prazeres, de Maria Augusta Ramos, 90min, RJ, 2013, 12 anos

21h – MOSTRA COMPETITIVA DE LONGA E CURTA FICÇÃO E CURTA ANIMAÇÃO
Engole ou Cospervilha?, de Marão, David Mussel, Pedro Eboli, Fernanda Valverde, Jonas Brandão, Giuliana Danza, Gabriel Bitar e Zé Alexandre, 8min, RJ, 2013, 16 anos
Todos esses dias em que sou estrangeiro, de Eduardo Morotó, 20min, RJ, 2013, 12 anos
Amor, Plástico e Barulho, de Renata Pinheiro, 90min, PE, 2013, 14 anos

DOMINGO, 22/9
10h – FESTIVALZINHO (curtas-metragens)
Cine Brasília, entrada franca, Livre

10h30 – Kubitschek Plaza Hotel, salão Caxambu, acesso livre
Debate com as equipes dos filmes da mostra competitiva de documentários  exibidos na noite anterior no Cine Brasília

11h30 – Kubitschek Plaza Hotel, salão Caxambu, acesso livre
Debate com as equipes dos filmes da mostra competitiva de ficção e animação exibidos na noite anterior no Cine Brasília

14h30 – Cine Brasília, entrada franca
Mostra Brasília – Troféu Câmara Legislativa do DF

14h – SALA MARTINS PENA – Reprise dos documentários exibidos na noite de 21/9
16h – SALA MARTINS PENA – Reprise dos filmes de ficção e animação exibidos na noite de 21/9


Riocorrente: Marcelo é jornalista. Carlos é um ex-ladrão de automóveis. Renata é uma mulher dividida entre dois relacionamentos tão diversos quanto os seus desejos. Exu é o porvir. (Aloysio Raulino/Divulgação)

 

19h – MOSTRA COMPETITIVA DE CURTA E LONGA DOCUMENTÁRIO
A que deve a honra da ilustre visita este simples marquês?, de Rafael Urban e Terence Keller, 25min, PR, 2013, Livre
Plano B., de Getsemane Silva, codireção de Santiago Dellape; 84min, DF, 2013, Livre

21h – MOSTRA COMPETITIVA DE LONGA E CURTA FICÇÃO E CURTA ANIMAÇÃO
Ed. – de Gabriel Garcia, 13min56, RS, 2013, 12 anos
Fernando que Ganhou um Pássaro do Mar, de Felipe Bragança e Helvécio Marins Jr., 20min, RJ, 2013, 16 anos
Riocorrente, de Paulo Sacramento, 79min, SP, 2013, 14 anos

SEGUNDA, 23/9
10h – FESTIVALZINHO (no Cine Brasília, com entrada franca)
O rei de uma nota só e a borboleta azul, de Carlos Del Pino (71min08, DF, 2013) Livre
FESTIVALZINHO (Curtas metragens)
Diversos horários: Candangolândia, Ceilândia, Cruzeiro, Guará, Gama, Núcleo Bandeirante, Park Way, Samambaia, Sobradinho e Taguatinga – escolas agendadas

10h30 – Kubitschek Plaza Hotel, salão Caxambu, acesso livre
Debate com as equipes dos filmes da mostra competitiva de documentários  exibidos na noite anterior no Cine Brasília

11h30 – Kubitschek Plaza Hotel, salão Caxambu, acesso livre
Debate com as equipes dos filmes da mostra competitiva de ficção e animação exibidos na noite anterior no Cine Brasília

15h – SALA MARTINS PENA – Reprise dos documentários exibidos na noite do domingo, 22.9de 22/9
17h – SALA MARTINS PENA – Reprise dos filmes de ficção e animação exibidos na noite de 22/9


Contos da Maré: Lendas urbanas, memórias de uma família e do local onde moram. Uma história de lobos, cobras e porcos para uma complexa Maré. (Bia Marques/Divulgação)

 

19h – MOSTRA COMPETITIVA DE CURTA E LONGA DOCUMENTÁRIO
Contos da Maré, de Douglas Soares, 17min35, RJ, 2013, Livre
A Arte do Renascimento – Uma cinebiografia de Sílvio Tendler, de Noilton Nunes, 72min, RJ, 2013, Livre

21h – MOSTRA COMPETITIVA DE LONGA E CURTA FICÇÃO E CURTA ANIMAÇÃO
Quinto Andar, de Marco Nick, 7min40, MG, 2012, 12 anos
Tremor, de Ricardo Alves Jr., 14min, MG, 2013, 14 anos
Exilados do Vulcão, de Paula Gaitán, 125min, RJ/MG, 2013, 16 anos

TERÇA, 24/9
10h30 – Kubitschek Plaza Hotel, salão Caxambu, acesso livre
Debate com as equipes dos filmes da mostra competitiva de documentários  exibidos na noite anterior no Cine Brasília

11h30 – Kubitschek Plaza Hotel, salão Caxambu, acesso livre
Debate com as equipes dos filmes da mostra competitiva de ficção e animação exibidos na noite anterior no Cine Brasília

15h – SALA MARTINS PENA – Reprise dos documentários exibidos na noite de 23/9
17h – SALA MARTINS PENA – Reprise dos filmes de ficção e animação exibidos na noite de 23/9
20h – CINE BRASÍLIA – CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO – entrega dos prêmios e troféus aos vencedores das mostras competitivas do Festival, num total de R$ 700.000,00 e outros prêmios, como o Troféu Câmara Legislativa, Prêmio Aquisição Canal Brasil e Prêmio da Crítica.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s