FELICIANO NÃO DESISTE

Compartilhe631,5 mil Imprimir Comunicar erro A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomendou, pela primeira vez, que homens gays sexualmente ativos tomem medicamentos antirretrovirais além de usar preservativos para evitar contaminação pelo HIV. A organização afirma que o que chama de "medicamento de profilaxia pré-exposição" pode reduzir a incidência do HIV entre 20% e 25% globalmente, segundo estimativas. Isto evitaria, segundo os cálculos da OMS, até 1 milhão de novos casos nesse grupo em um período de dez anos. A entidade diz que esse grupo tem 19 vezes mais chance de contrair o HIV do que a população em geral. "Taxas de infecção por HIV entre homens que têm relações sexuais com homens Deputado diz que irá retomar o projeto da "cura gay"

Deputado garante que irá retomar o projeto da “cura gay”

Após a desistência do deputado tucano João Campos do projeto que trata da “cura gay”, o colega Marcos Feliciano prometeu, no Twitter, retomar a proposta na próxima legislatura (2015-2018), quando, segundo ele, a bancada evangélica será ainda mais numerosa. “O PDC não foi arquivado, mas retirado, e pode voltar. E voltará na próxima legislatura quando teremos um número maior de deputados evangélicos”, tuitou Feliciano. “Essa perseguição de parte da mídia e dos ativistas nos fortaleceu, e nosso povo acordou. Nos aguardem em 2015! Viremos com força dobrada”, acrescentou o pastor.

Na Câmara, Feliciano afirmou que a cura gay está sendo utilizada para tirar o foco das causas dos protestos das últimas semanas. “Esse projeto neste momento está sendo usado para desfocar os protestos verdadeiros da rua, e isso não pode acontecer nunca”, disse.

E voltou a dizer que a proposta será aprovada na próxima legislatura. “Sempre soubemos que esse projeto não ia passar porque temos poucas pessoas aqui dentro que lutam dentro desse mote. Na próxima legislatura, a bancada evangélica vai dobrar o seu número e a gente voltar com força.”

Durante a Marcha para Jesus, realizada no último sábado (29) em São Paulo, Feliciano já havia afirmado que o projeto da “cura gay” estava “morto”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s